TopMenu

Astrologia Védica

Jyotisha é o sistema hindu de astrologia, uma das seis disciplinas do Vedanta, e considerada como uma das mais velhas escolas da astrologia antiga tendo uma origem independente, interagindo com todas as outras escolas na Índia. O termo em sânscrito deriva de jyótis (desmembrado em “Ja”+”Ya”+”O”+”T”+”isha” para chegar ao significado que é “água ou nascer” + “além de” + “terra” e “estrelas” + “conhecimento” equivalente àquele que tem conhecimento, ou iluminado com conhecimento, do nascimento, destino, e relações com a água, terra e estrelas) ou ainda quer dizer “luz, brilhante”, mas no plural também pode significar “os corpos estelares, planetas e estrelas”. Jyotish pode de fato ser entendido como a “ciência dos corpos estelares”. De fato, Jyotish tem historicamente sido parte de uma contínua aproximação “holistica” para a vida e as práticas espirituais dentro do cotidiano Hindu predominante na Índia. [Fonte …]

O abaixo é apenas um sumário comparativo entre astrologia Ocidental — popularizada e mais conhecida no mundo ocidental, portanto assim referida — e astrologia Védica, conhecida originalmente como Jyotisha.

Algumas diferenças entre Astrologia Védica e Ocidental

  • Astrologia Védica é tecnicamente chamada de “sistema sideral”, enquanto astrologia ocidental é “tropical”. Isso significa, essencialmente, que no céu há estrelas que compõem as várias constelações do Zodíaco, como Virgem, Aquário, etc. Astrologia Védica é baseada nas reais constelações estelares (siderais), enquanto que a astrologia ocidental é baseada num zodíaco imaginário que se move lentamente para trás no espaço em função do tempo (“trópico” em latim significa “girar”).
  • Na astrologia Védica, o mapa de nascimento é preparado de acordo com a posição do Ascendente (e da Lua), e não o Sol como na astrologia ocidental.
  • Astrologia Védica dá uma visão melhor dos resultados das influências cármicas e também como e quando tais tendências tendem a se manifestar para o nativo sendo analisado. Os tempos de ocorrência de eventos significativos de vida são mostrados através de um detalhado sistema de ciclos de tempo planetário, chamado de “Dashas”. Não há nenhum método correspondente na astrologia ocidental.
  • Astrologia Védica coloca forte ênfase em gráficos harmônicos e estes poderiam chegar até 16 gráficos adicionais, ou “Vargas” como são chamados.
  • Os planetas exteriores (Urano, Netuno e Plutão) não fazem parte do Jyotisha (o sistema hindu de astrologia), enquanto que estes são uma parte muito importante do sistema ocidental. Mas como estes planetas estão mais distantes da Terra, são portanto desconsiderados como tendo uma influência forte e direta na vida individual de um nativo.
  • Além dos nove planetas, astrologia Védica também inclui as constelações (ou mansões) lunares, chamadas de Nakshatras em Hindu, que são 27 no total, como prescrito por Parasara, o sábio da antiga Índia que fundou astrologia Védica.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Yogas de Viagens ao Exterior | Conheça a Ti Mesmo @ Occultism.Site - 27 de abril de 2016

    […] Astrologia Védica […]

  2. Sol (Surya) | Conheça a Ti Mesmo @ Occultism.Site - 9 de junho de 2016

    […] Astrologia Védica […]